icea.med.br

Notícias

ICEA discute padronização do tratamento nos casos de pancreatite aguda no Amazonas

09/09/2010 - 13h00m - Atualizado em 10/09/2010 - 16h45m

Diminui o tamanho da fonte Aumenta o tamanho da fonte


O desconhecimento do paciente e a falta de padronização no tratamento prescrito pelo médico podem levar o doente a um quadro grave de pancreatite. Hoje, grande parte da população em Manaus sofre com o problema e nem sempre sabe a origem da inflamação, garante o cirurgião Marcus Cohen, diretor técnico do Instituto de Cirurgia do Estado do Amazonas (Icea), entidade que no próximo dia 15 de setembro promove uma mesa redonda com o tema: "Pancreatite Aguda e sua normatização".

A discussão, que acontece na Fundação Hospital Adriano Jorge, às 20h, é direcionada aos profissionais de saúde, acadêmicos e residentes. De acordo com o diretor administrativo financeiro do Icea, cirurgião José Francisco, o que se busca é padronizar, por meio das discussões propostas durante o evento, uma forma de tratamento para doença - que nada mais é do que o resultado decorrente de outras patologias, principalmente cálculos de vesícula biliar.

 

Estatística

 

Em Manaus, as estáticas apontam que no mínimo três casos de operações de cálculos na vesícula acontecem diariamente. Estes mesmos  podem posteriormente suceder uma crise de pancreatite aguda. "É para diminuir esse risco que convidamos a comunidade médica para discutir e normatizar o tratamento mais adequado e seguro para o paciente", conclui José Francisco.

 

 BOX 1

 

Outros fatores que às vezes podem causar pancreatite:

 

Trauma abdominal (pancreatite traumática), Cirurgia abdominal, Medicamentos, incluindo certos antibióticos (metronidazol, sulfa e tetraciclina), diuréticos tiazídicos e estrogênio, altos níveis de cálcio ou triglicérides no sangue, algumas infecções como caxumba ou hepatite viral,  procedimentos endoscópicos que envolvem o canal biliar e pancreático, idiopática (não é encontrada causa).

 

BOX 2

 

Fique por dentro:

 

Na Pancreatite, as enzimas pancreáticas que normalmente são lançadas nos intestinos delgados para ajudar na digestão são ativadas dentro do próprio pâncreas e começam a danificá-lo. Se a crise é grave ou prolongada, ou se ocorrem surtos de pancreatite aguda repetidamente, a lesão permanente do pâncreas pode acontecer e levar a uma condição chamada pancreatite crônica e até mesmo podendo levar a óbito.

 

Sobre o evento:

Mesa Redonda: "Pancreatite Aguda e sua normatização"

Data: 15/09/2010

Hs: 20h

Local: Fundação Hospital Adriano Jorge

Público: médicos, acadêmicos de medicina e residentes.

 

Médicos convidados:

Dr. Sidney Chalub

Dr. Raymison Monteiro

Dr.  Marcus Cohen

Dr. José Francisco dos Santos

 

Contatos:

Dr. Marcus Cohen - Diretor técnico do ICEA - 8137-9986

Dr.  Sidney Chalub - Médico convidado - 8137-9931 / 9122-7425

Assessoria de Imprensa do ICEA 

 





Área Restrita

Webmail

Digite seu login nos campos abaixo:



Digite seu email e senha abaixo:


ICEA - Instituto de Cirurgia do Estado do Amazonas

Rua dos Rubis, 36 - CJ Manauense - N. S. Das Graças - Cidade / AM

As informações deste site são constantemente atualizadas pela equipe do ICEA. Ressaltamos que o ICEA reserva-se ao direito de alterar qualquer informação do site, valores e demais informações, sem aviso prévio.