icea.med.br

Notícias

Histórico de notificações mostra estabilização da dengue no Amazonas

Estudo comparativo das notificações de dengue, feitas pela Secretaria de Estado da Saúde (Susam) desde janeiro deste ano, mostra que nas últimas três semanas houve estabilização da doença, com declíni

06/04/2011 - 18h01m

Diminui o tamanho da fonte Aumenta o tamanho da fonte

 

Estudo comparativo das notificações de dengue, feitas pela Secretaria de Estado da Saúde (Susam) desde janeiro deste ano, mostra que nas últimas três semanas houve estabilização da doença, com declínio no número de casos suspeitos.

De acordo com o secretário Wilson Alecrim, o pico máximo da doença ocorreu entre os dias 27 de fevereiro e 5 de março, quando foram registrados 4.988 casos. A partir deste período os registros decaíram, indicando tendência na redução dos adoecimentos em todo o Estado. Entre os dias 20 e 26 de março, foram notificados 2.094 casos suspeitos de dengue. Os dados da semana passada estão em fase de consolidação.

O secretário destaca que, apesar da tendência de queda, as medidas de controle devem ser mantidas pela população. "Ainda vivemos um período crítico de transmissão, com muitas chuvas que favorecem o aumento dos mosquitos", alerta. De acordo com ele, todas as ações de prevenção e controle da dengue estão mantidas pelo Governo do Estado e Prefeituras Municipais. "Vamos continuar com o trabalho de forma intensiva até o final de abril e com as ações de manutenções até o final do ano".

Segundo Alecrim, ainda existem casos de dengue a ser inseridos no sistema oficial de notificação. O registro dos números não é feito em tempo real, como as mortes e os casos graves. "Por isso, sabemos que pode haver aumento de casos em semanas anteriores, mas avaliamos que a estabilização da doença é um fato", assegura.

Dados atualizados apresentados à Susam pelo Comitê Estadual de Crise, mostram que até o momento foram registrados 40.011 casos de dengue em todo o estado, dos quais 33.229 em Manaus. Os casos clássicos, em que a doença evoluiu sem complicações, representam 99% do total. Os casos graves chegaram a 395, com 10 óbitos. Seis casos suspeitos de morte por dengue estão em investigação.

FONTE: ASSESSORIA DE IMPRENSA DA SUSAM




Área Restrita

Webmail

Digite seu login nos campos abaixo:



Digite seu email e senha abaixo:


ICEA - Instituto de Cirurgia do Estado do Amazonas

Rua dos Rubis, 36 - CJ Manauense - N. S. Das Graças - Cidade / AM

As informações deste site são constantemente atualizadas pela equipe do ICEA. Ressaltamos que o ICEA reserva-se ao direito de alterar qualquer informação do site, valores e demais informações, sem aviso prévio.