icea.med.br

Notícias

Farmácia Popular amplia lista de itens gratuitos e de baixo custo

As Farmácias Populares do Governo do Estado incluíram cinco novos itens na lista padrão de medicamentos oferecidos à população. Quatro deles – Alendronato sódico 70 mg, Clonazepam 2 mg, Fluoxetina 20

29/05/2011 - 20h03m - Atualizado em 29/05/2011 - 20h06m

Diminui o tamanho da fonte Aumenta o tamanho da fonte

As Farmácias Populares do Governo do Estado incluíram cinco novos itens na lista padrão de medicamentos oferecidos à população. Quatro deles – Alendronato sódico 70 mg, Clonazepam 2 mg, Fluoxetina 20 mg e Loratadina 10 mg – fazem parte dos medicamentos essenciais vendidos a preço de custo, e estão indicados para tratamento de osteoporose, depressão e alergias. O outro, Losartana 50 mg, integra o grupo de medicamentos utilizados para diabetes e hipertensão, distribuídos gratuitamente desde o início do ano. Com a inclusão dos novos remédios, sobe para 113 o total de itens disponíveis nas Farmácias Populares.


Qualquer paciente pode ter acesso aos medicamentos, desde que apresente receita médica ou odontológica da rede pública ou privada. Para os 13 remédios para diabetes e hipertensão, distribuídos de graça, é necessário documento de identidade com foto e o CPF. Se o paciente não puder ir à farmácia, seu representante deve apresentar, juntamente com a receita e com o RG e o CPF do paciente (cópia autenticada ou original), procuração registrada em cartório. Caso o usuário prefira, a procuração pode ser específica. O modelo pode ser solicitado em qualquer unidade da Farmácia Popular.


A coordenadora estadual do programa Farmácia Popular, farmacêutica Ana Paula Batista, explica que a medida, determinada pelo Ministério da Saúde, visa evitar fraudes. "Temos recebido reclamações dos usuários por causa dessas exigências, mas a intenção é garantir a manutenção da gratuidade e atender a quem, de fato, necessita dos remédios". Segundo Ana Paula, desde o início da distribuição gratuita dos itens destinados ao tratamento de hipertensão e diabetes, o movimento nas cinco unidades instaladas em Manaus aumentou entre 40% e 50%.


Os medicamentos oferecidos pela Farmácia Popular são adquiridos de laboratórios oficiais e distribuídos para todo o país, por meio da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), coordenadora nacional do programa Farmácia Popular do Brasil. Além dos 13 itens entregues a custo zero para os usuários, são oferecidos outros 100 remédios vendidos a preços até 95% menores que os praticados na rede comercial de drogarias.


Entre os novos itens da lista, os preços variam de R$ 0,60 a R$ 1,80. O Alendronato sódico, de 70 mg, por exemplo, custa R$ 1,48 na Farmácia Popular e, em média, R$ 38,33 nas drogarias. O antidepressivo Fluoxetina, de 20 mg é oferecido a R$ 1,80 enquanto seu preço no mercado de drogarias chega a R$ 54,86.


No Amazonas, o programa Farmácia Popular funciona desde 2005, sob a coordenação do Governo do Estado. Segundo a coordenadora Ana Paula Batista, o objetivo é facilitar o acesso dos pacientes aos medicamentos essenciais e evitar a interrupção do tratamento. Atualmente estão em funcionamento cinco unidades distribuídas nos bairros São José, Cidade Nova, Santa Etelvina, Centro e Compensa. As unidades funcionam de segunda a sexta-feira das 8h às 18 horas e aos sábados das 8h às 12 horas.


Novos medicamentos da Farmácia Popular

Alendronato sódico, 70 mg, 4 comprimidos – R$ 1,48

Clonazepam, 2 mg, 30 comprimidos – R$ 1,80

Fluoxetina 20 mg, 28 comprimidos – R$ 1,80

Loratadina 10 mg, 12 comprimidos – R$ 0,60

Losartana 50 mg, comprimido – Distribuição gratuita


Unidades da Farmácia Popular

São José – Avenida Autaz Mirim, 114, Shopping Grande Circular

Centro – Av. Sete de Setembro, 427, Centro

Cidade Nova – Av. Noel Nutels, 811, Cidade Nova I

Santa Etelvina – Rua Samambaia, s/n, Santa Etelvina

Compensa – Av. Brasil, 1325, PAC Compensa, Compensa I


Documentos necessários

Remédios comuns

Receita da rede pública ou privada

Antibióticos

Receita (com dados do médico e da unidade de saúde onde foi prescrito) e RG do paciente

De Controle Especial

Receita em formulário próprio e RG

Itens de distribuição gratuita (para diabetes e hipertensão)

Receita, RG e CPF

Se não for o paciente:

Procuração autenticada, Receita, RG e CPF do paciente (cópia autenticada ou original)

Fonte:

Assessoria de Comunicação - (92) 3643-6327, 9995-1310

comunicacao@saude.am.gov.br





Área Restrita

Webmail

Digite seu login nos campos abaixo:



Digite seu email e senha abaixo:


ICEA - Instituto de Cirurgia do Estado do Amazonas

Rua dos Rubis, 36 - CJ Manauense - N. S. Das Graças - Cidade / AM

As informações deste site são constantemente atualizadas pela equipe do ICEA. Ressaltamos que o ICEA reserva-se ao direito de alterar qualquer informação do site, valores e demais informações, sem aviso prévio.